A pedra já foi removida

[Tradução livre do sermão “Already Rolled Away“, ministrado pelo Pastor Jon Courson, da Applegate Christian Fellowship, em 11/04/1993.]

Leia antes Marcos 16 versos de 1 a 8:

Ora, passado o Shabbat, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro muito cedo, ao levantar do sol. E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro? Mas, levantando os olhos, notaram que a pedra, que era muito grande, já estava revolvida; e entrando no sepulcro, viram um moço sentado ã direita, vestido de alvo manto; e ficaram atemorizadas. Ele, porém, lhes disse: Não vos atemorizeis; buscais a Jesus, o nazareno, que foi crucificado; ele ressurgiu; não está aqui; eis o lugar onde o puseram. Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro, que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis, como ele vos disse. E, saindo elas, fugiram do sepulcro, porque estavam possuídas de medo e assombro; e não disseram nada a ninguém, porque temiam.

À medida em que viajamos pela estrada da vida, inevitavelmente, veremos adiante barreiras, obstáculos, problemas, que podem dar ensejo a ansiedade em nossas almas.

Essas mulheres certamente se  identificariam com isso. Essas mulheres em nossa história estavam em seu caminho, na estrada, quando se deram conta que havia um problema adiante.

Havia um obstáculo,  uma barreira, uma situação barra-pesada que daria margem a ansiedade em suas almas. Vamos ler a história sobre essas mulheres e o que elas descobriram.

Verso 1 em Marcos 16 (ler Marcos 16). Passado o sábado (Shabbat) após a Páscoa, elas mulheres tiveram a oportunidade de fazer o que elas desejavam fazer. O que era? Maria Madalena, Maria a mãe de Tiago, e Salomé trouxeram especiarias doces para que elas pudessem aplicar no corpo de Jesus, que havia sido enterrado 3 dias antes. Ele havia morrido na madeira do Calvário, sido enterrado, e agora o Shabbat havia terminado e agora elas estavam livres para fazer o que elas queriam fazer. Ir e ungir o corpo com especiarias doces. Fazer homenagem a Jesus. Fazer o que as pessoas faziam naquela época, colocando especiarias nas tiras de linho que envolviam o corpo.

Era muito cedo na manhã daquele primeiro dia da semana. Naquele primeiro dia que elas tiveram aquela oportunidade de fazer aquilo legalmente (pois no sábado era proibido), elas vieram no sepulcro em que Jesus estava enterrado, no nascer do sol, no caminho elas se perguntaram: há um problema que talvez nós não tenhamos pensado. Mas agora que estamos andando nessa estrada em direção àquele lugar, vemos: há uma pedra a ser retirada. Uma pedra de 2,5 toneladas na frente do sepulcro. Elas estavam andando na estrada, conversando uma com as outras, e se depararam com esse problema, que as impediria de fazer o que elas desejavam fazer.

Quando elas chegaram, elas viram que a pedra já havia sido retirada. Era algo grandioso. Quando elas entraram no sepulcro, elas viram um jovem homem sentado , com uma roupa longa e branca,  e elas tremeram de medo. E ele disse a elas: “não temam. Vocês procuram Jesus de Nazaré, que foi crucificado. Ele ressuscitou, ele não está aqui. Olhem o lugar que ele jazia. Digam aos discípulos … etc. (continua a ler Marcos 16) – ver na Bíblia.

Quero que vocês notem algo que concerne a você e a mim, quando nós também estamos na estrada da vida e estamos cientes que temos obstáculo e problemas sérios, e ansiedades e medos. Veja essas mulheres. Elas estavam perguntando a pergunta certa. Elas diziam umas às outras: “Quem rolará a pedra?”  Elas não perguntavam “como vamos fazer isso”, ou “por que não pensamos nesse problema antes”, ou “onde estão os discípulos etc”. Ou “onde” podemos conseguir ajuda? Elas se perguntavam “quem”. Esta é sempre a pergunta certa a se fazer.

Como vou me aposentar, quando o meu fundo de pensão falir? Quando vou achar alguém para se casar comigo? Por que não me disseram que iria ser assim? Quando vou conseguir um descanso? Quando tudo parece estar  complicado, muito frequentemente nos perguntamos essas coisas. Essas nunca são as perguntas certas. A pergunta certa é Quem. E o Quem é um Ele. E o “Ele” é Jesus de Nazaré, que ama você e ama a mim até a morte, e ele ressuscitou dos mortos, e Ele está vivo, está no Trono, está no controle, e Ele já cuidou do problema que está me preocupando. Ele já rolou a pedra que  eu estou vendo como um problema. E se digo “como vou resolver isso”, eu não vou encontrar a resposta. E questão é: Quem vai remover essa pedra? E o Quem é um “Ele”. É Jesus. Ele já havia cuidado do problema sobre o qual elas estavam conversando, que as preocupava. Ele já havia tratado disso. Quando elas chegaram lá, a preocupação que estava no coração delas, o obstáculo que elas tinham certeza que estaria diante delas, já havia sido tratado.

Agora preste atenção. Já passei por coisas demais, para saber que Ele vai ser o suficiente.

Venho até você esta manhã, como um irmão, como um crente companheiro, dizendo que já andei com o Senhor por mais de 50 anos, e O conheço desde 3 anos de idade. Já passei por muita coisa, no meu passado, para SABER que Ele será SUFICIENTE para o meu futuro. Passei por tudo. Já passei por muita coisa. Enterrei minha esposa, enterrei o meu pai, enterrei a minha filha de 16 anos. E minha primeira namorada de verdade morreu com 16 anos de repente. Eu já tive uma fase tão pobre, não tinha um tostão. Já fiz erros horríveis. Deixei de aproveitar oportunidades que eu deveria ter aproveitado. E você sabe, nisso tudo: Ele foi fiel. O tempo todo. Ele estava lá para mim. Quando eu tinha fé, quando eu estava fraco e sem fé, quando as coisas estavam muito bem mas parecia que o navio estava afundando. Eu descobri que depois de tudo, no fim do dia, no lugar em que eu estava preocupado, temeroso… a pedra já tinha sido removida.

Já passei por muito, para dizer a vocês, com absoluta certeza que Ele será o bastante, no meu futuro. E as mesmas coisas que eu descobri, você vai achar também. Quando você estiver preocupado mas chegar lá, você vai ver. Jesus ressuscitou e Ele já removeu a pedra que você estava pensando, preocupado e ansioso.

Não sei quais as coisas que você está pensando sobre o seu futuro. Que há pedras irremovíveis. Mas sou mais velho que você. Sei que há coisas que parecem intransponíveis, mas Ele ressuscitou e já rolou a pedra.

“Papais”, você já está aí há um longo tempo. Você sabe que o que estou dizendo é isso. Mas quando chega lá, você se dá conta: Ele já removeu a pedra, e vai cuidar de tudo.

Essas mulheres não tinham fé. Elas tinham perguntas, e preocupações, na forma que elas estavam pensando. Mas Jesus tomou conta daquilo de qualquer forma. Jesus Cristo está vivo.

Se você encontrar algumas coisas que parecem fechadas, coisas que parecem não funcionar…. quando chegar lá, você encontrará portas abertas, perfeitamente. Pedras removidas. Até que Ele nos diga: “Sobe aqui”, e nós seremos levados ao Céu. Ah, que dia grandioso esse será…

Ouça. Eu não ligo para quem você é. Se você, como essas mulheres, ama o Senhor, você quer honrá-lo. Compreenda. Tudo o que está preocupando você hoje, JÁ FOI cuidado. Já foi tratado. Tudo ficará bem. Tudo ficará mais do que OK. Essas mulheres ficaram impressionadas. Eu prometo isso. Na vista do Senhor, eu prometo isso. Vocês que conhecem o Senhor, saberão que tudo será resolvido.

Você chegará lá, um lugar que você estava apavorado, e que você não conseguia lidar… Mas quando você chegar lá, eu prometo. Você verá. A pedra já foi removida.

Então, o que fazemos enquanto isso?

John, se você diz que Ele já tomou conta das coisas que me causam ansiedade, se é verdade que quando eu chegar lá tudo estará resolvido… ok, talvez eu aceite isso como uma premissa por agora, mas o que é que eu faço enquanto estamos por aqui?

Faça o que elas fizeram, nessa estrada chamada vida. Nessa viagem para a eternidade. Duas coisas que anotei, e que me intrigam.

Número 1: elas estavam vindo para o corpo d’ Ele. Continue vindo para o Corpo d’ Ele. Como assim? NÓS SOMOS O CORPO DE CRISTO. E no escuro, quando você estiver ciente de medos aumento em sua alma, em tempos de incerteza, escute-me: continue vindo para o Corpo de Cristo.

E se elas tivessem dito: ah, uau, a pedra… nós nos esquecemos da pedra, então vamos esquecer do corpo de  Jesus. Ah, sabe, tem essa pedra grande, então vamos para casa tomar café e bolinhos, ou vamos para casa procurar ovos de Páscoa… Ou vamos para casa e ficar lamentando que nós nos esquecemos  de antever que haveria uma pedra.

Não: o texto diz que mesmo enquanto elas estavam na escuridão um bom tempo antes de amanhecer, e cientes do obstáculo que estaria adiante delas (ou assim elas pensavam), elas continuavam andando em direção ao Corpo. Você:  continue caminhando. Continue vindo. Continue indo em direção ao Corpo como está fazendo hoje. NÃO FIQUE EM CASA. NÃO ANDE PARA TRÁS.

Aí o Jon Courson imita uma pessoa dizendo: “Mas eu fui a uma igreja por muito anos, Applegate, ou a Primeira Batista, ou Assembléia, ou qualquer outra, e sabe o que eu acho? Eu acho que o corpo está morto…”.

E quanto ao corpo que as mulheres estavam indo? Elas estavam indo para um corpo morto! Elas tinham certeza que o corpo estava morto! Mas quando elas chegaram lá, elas ficaram pasmas. Elas viram: Ele ressuscitou! Ele está vivo! E elas ficaram tão maravilhadas! VOCÊ NUNCA DEVE PARAR DE CAMINHAR NA ESTRADA QUE TE LEVA ATÉ O CORPO DE CRISTO! Você continua vindo até o Corpo.

E em segundo lugar, você continua CUIDANDO do Corpo. Aí (ele imitando novamente alguma p pessoa): “ah, mas eu acho que essa igreja fede. Acho também que esses estudos bíblicos que eu faço parte fedem.”

Elas vieram ao Corpo…. para fazer o que? Para colocar especiarias doces no corpo, porque elas tinham certeza (elas achavam) que o corpo já estava fedendo. Elas supunham que o Corpo já estava em estado de decomposição. Não havia embalsamamento em Israel, naquela época. Elas estavam cuidando do Corpo. Elas deviam dizer para si mesmas: “vamos fazer o Corpo ficar mais doce, mais cheiroso”. Não vamos dizer ‘isso está fedendo, então eu vou parar de vir”. Vou passar a ir a alguma igreja da internet, ou coisa parecida. “Facebook é a minha bíblia”.

Essas mulheres diziam: “Sabe, nós vamos continuar a ir. Mesmo sabendo (elas achavam) que está morto.  E vamos cuidar do corpo. Mesmo sabendo (elas achavam) que fedia.

E eu sou um cara mais velho agora, e o que eu estou dizendo é a verdade. Pai, jovem rapaz com 16 com toda a sua vida adiante de si: você vai descobrir que quando você caminhar pela estrada, e estiver preocupado, com medo disso ou daquilo ou daquilo outro, você deve continuar caminhando, deve continuar vindo ao Corpo, e deve continuar zelando pelo Corpo, e quando você chegar ao lugar em que você pensa que a barreira estará, você vai descobrir que a pedra foi removida e que Jesus ressuscitou, e que Ele JÁ RESOLVEU O  PROBLEMA.

O Corpo. O corpo de Cristo corporativamente. “Está morto. Fede” (pensaria alguém). Então faça-as parar. E elas foram as primeiras a ver que Ele ressuscitou. Elas foram as primeiras a ver o PODER da realidade ressurreta de Jesus, a pedra, com 2,5 toneladas, havia sido rolada para o lado. Continue vindo ao Corpo, continue a cuidar do Corpo (a Igreja).  E não somente corporativamente (coletivamente) nós somos o Corpo, mas Jesus disse: tomai, comei, este é o meu Corpo.

Coletivamente, a Igreja. Misticamente, a Ceia do Senhor (a eucaristia). Senhor, estou comendo do Seu corpo novamente. Isto é importante para mim. Você poderia dizer: ah, isso é morto. É só um pedaço de pão.  Ah, é somente um copinho de suco de uva. Outros podem dizer isso, mas quando tomamos a ceia, é a prova que nós lembramos que Jesus nos amou até a morte, é a realidade de que estamos nascendo de novo novamente agora mesmo, que estou curvando os meus joelhos, que estou expressando a minha contrição, que Ele é o Nosso Senhor, que estou recebendo Jesus de novo, que nós precisamos d’Ele desesperadamente, e assim , nós perfumamos, com o louvor,  o Corpo (Jesus).

Obrigado, Jesus. Estou cansado de ficar preocupado com o que o médico vai dizer sobre a próxima tomografia, ou a próxima ressonância magnética. Estou cansado de pensar nos meus problemas, minhas ansiedades, e preciso pensar no que o Senhor fez para mim, quando morreu na cruz e ressuscitou, e me chamou para ser a Sua noiva, e me chamou para estar ao Seu lado, hoje, e para sempre também. E assim, você perfuma o Corpo, do mesmo jeito que elas tencionavam fazer.

Isto é o que você faz. É simples assim. Todos esses anos caminhando com o Senhor, e tudo se resumo em coisas tão básicas e simples.

Já passei por coisas demais para saber que Ele será o suficiente. Ele nunca me decepcionou. E noites sem sono já fiquei na minha cama, e perguntas tantas já tive na minha cabeça, e quando finalmente cheguei lá … a pedra estava removida.

Estava escuro, no caminho, às vezes. Havia dúvidas acontecendo, na minha cabeça. Mas tudo se volta não a “como”, “por que”, ou “quando”, ou “onde”… mas sempre a “QUEM”: Jesus. Ele ressuscitou. Ele te ama.

Ele já foi adiante de mim, adiante de você. Pedras já removidas. Você só continua no caminho, como essas três mulheres. Vindo ao Corpo dele, cuidando do Corpo d’Ele, e você ficará pasmo com o que você verá. Você ficará maravilhado enormemente. E você O louvará eternamente.

Pai, eu oro em nome de Jesus, por qualquer um de nós que está nesse ambiente agora, que possa estar agora sobrecarregado, amargurado, preocupado, questionando do  jeito errado, oprimido por dúvidas demoníacas, abalado por ansiedades internas.  Jesus, oro para agora mesmo, de alguma forma o Seu Espírito Santo leve essa história em Marcos e as simples palavras que compartilhei, que causem as pessoas, todos nós, a saber que O Senhor ressuscitou dos mortos, e que tu és o Senhor. Que a fé seja infundida, Pai, para as pessoas idosas que estão preocupadas com saúde, para o jovem pai que está preocupado com questões financeiras para a sua família, para aquela mãe que está tão preocupada  com o seu filho ou filha, para aqueles que apenas sentem que as portas nunca abrirão. Pai, varra através dessa congregação, possam eles ser revelação que Jesus ressuscitou, que Jesus está aqui, que Jesus estará lá, quando nós chegarmos, já tendo removida a Pedra e resolvido o problema. Amém.

Anúncios